<

Área restrita

Sala de informática

A proposta principal das aulas de informática vai muito além de fazer das crianças operadores de máquinas, é importante considerá-las uma ferramenta no processo de aquisição e aprimoramento do conhecimento adquirido dentro de sala de aula. Não é importante que o aluno saiba apenas apertar teclas, mexer no "mouse" e entender como se conectar a rede. Devemos incentivá-los sempre a utilizar o computador como mais uma forma de estimular a curiosidade, fazendo valer assim programas de desenho, texto, e outros mais, que podem sim ser trabalhados de forma criativa.
O uso do computador estimula: o desenvolvimento da escrita; os movimentos motores; a capacidade de desenvolver sua maneira de pensar, refletir e criar soluções. Quando uma criança usa o computador para criar um texto, por exemplo, expõe suas idéias na tela, e substituí o papel.
Como as crianças trabalham em duplas, nenhum parceiro vai deixar que o outro exponha uma idéia sem explicar por que está fazendo daquele jeito, daquela forma, a criança passa a verbalizar e dar significado ao que pensa.
A principal caracteristica de uma criança que cresce utilizando o computador, é a sua facilidade em fazer escolhas. Elas aprendem desde cedo a "clicar" várias vezes por minuto, transformando suas vontades em decisões e consequentemente serão adultos menos ansiosos. Por isso essa relação com a sala de aula se torna um fator importantíssimo para o aprendizado do aluno, é como o pedagogo Wagner Antônio Junior, disse em uma entreveista a revista Nova Escola: " A tecnologia deve ser utilizada para apresentar e aprofundar conteúdos curriculares. Usar o computador somente para ensinar programas de informática é desperdício".

Horário de funcionamento

Funcionamos de Segunda à Sexta-Feira,
em período parcial, nos turnos manhã e tarde,
atendendo a Educação Infantil do 2º Período ao 5º Período
e o Ensino Fundamental do 1º ao 5º ano.

Estrada da Samambaia, 307
Samambaia - Petrópolis/RJ
(24) 2242-0832
(24) 99221-7516

© 2020 CEPP PRIMEIROS PASSOS. Todos os direitos reservados.